Planos

Tinha me esquecido de como é bom fazer planos em conjunto com outra pessoa.

É isso!

• – • – •

Claro que o post não se limitaria a isso! Eu tenho essa necessidade louca de contar mais detalhes. Além do que, um post com 2 frases seria muito sem graça, e eu tenho certeza de que os (poucos) leitores deste blog estão ávidos por informações, detalhes…

Eu passei por um período que me acostumei a chamar de “vida loka”: só queria me divertir, sentir prazeres, experimentar coisas novas. Tudo sem qualquer planejamento, apenas guiado pelas vontades. Continuo fazendo isso, mas agora tenho companhia. E, após um pouco mais de seis meses juntos, começamos a nos preocupar, também, com o que vamos fazer nos próximos anos, quais as experiências que queremos ter e o que pretendemos conquistar. Tinha me esquecido de como é divertido começar a pensar em ir morar junto com alguém, construir uma história com essa pessoa, imaginar como serão nossos filhos… tudo isso tem sido bem bacana — de novo!

• – • – •

Na verdade tem sido mais bacana. Desta vez tenho condições de planejar melhor. No meu primeiro casamento a coisa foi meio na “porralouquice”: demos um jeitinho de comprar um apartamento (no aperto, mas era o que queríamos). Compramos um monte de coisas que esperaram 3, 4 anos pra serem usadas, pois precisávamos ter o apartamento pra podermos ir morar juntos. Sonhávamos muito e conquistávamos pouco.

Agora sonhamos, sim. Mas, também, paramos pra pensar nas possibilidades, no que temos em mãos agora, no que é possível fazer. E a sensação que tenho é de que, desta vez, o relacionamento dará muito mais certo!

• – • – •

Se bem que há outras coisas a considerar. Por exemplo, não me sinto pressionado a casar, e não estou fazendo pressão também. As coisas estão fluindo. Temos grandes expectativas, mas sabemos que se algo não der certo no meio do caminho o melhor a se fazer é não continuarmos com o relacionamento.

Mas o que mais queremos, agora, é que dê certo. E muito!

Explore posts in the same categories: Grandes Lições, Pensamentos

One Comment em “Planos”

  1. marimaroca Says:

    Nunca tinha feito planos com uma pessoa antes.

    Até cheguei a pensar em algumas coisas nos relacionamentos anteriores, mas nada era muito factível, tácito. Parecia apenas aqueles sonhos de criança, beeeem distantes, bem irreais, que um dia, quem sabe, aconteçam de alguma forma.

    Em nenhum desses relacionamentos conseguia me imaginar casada, de fato. Não me enxergava ao lado deles, construindo uma família, um lar.

    Embora não seja algo ruim, com o passar do tempo, as mulheres tendem a buscar definições para suas vidas. Não necessariamente um casamento, uma família. Mas ter uma perspectiva passa a ser algo importante. E não ter perspectivas se torna algo assustador.

    Como poderia me casar, um dia, com uma pessoa com quem não me via casada? Como poderia ter filhos com uma pessoa com quem eu não conseguia imaginar como seria como pai e marido?

    Essas incertezas todas me fizeram, finalmente, perceber o óbvio: não eram as pessoas certas para construir um futuro. Não para mim.

    Agora é diferente. Agora tudo parece claro. Tudo parece certo. Tudo parece palpável e possível. E agora tem tudo pra dar certo!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: