A cruz que carregamos

Sempre que passo por alguma dificuldade gosto de pensar naquele versículo da Bíblia que diz que “Deus não te dá uma cruz maior do que você possa carregar”. As coisas que acontecem em nossas vidas podem parecer impossíveis de serem resolvidas, mas precisamos apenas ter um pouco de paciência. No fim tudo se resolve!

Pensando desta forma sinto-me abençoado por ter superado todas as dificuldades que me foram apresentadas pela vida, porém sinto-me igualmente fraco; esse é o tamanho da minha cruz? Só isso? Vejo tanta gente passando por sofrimentos maiores que o meu e é como se eu estivesse fazendo musculação: “você só consegue puxar 45kg no supino? Aquele carinha magrelo acabou de puxar 75!”

Se bem que eu acredito igualmente que o sofrimento é uma coisa bastante subjetiva. Uma pessoa com câncer pode encará-lo de forma natural, ao passo que alguém que acabou de martelar o dedo pode remoer aquilo por semanas. No fim das contas quem coloca mais ou menos peso na cruz somos nós mesmos. Se eu pensar assim talvez meus sofrimentos realmente tenham sido cruzes pesadas demais para algumas pessoas — e eu consegui carregá-las numa boa. Sou forte, afinal!

Explore posts in the same categories: Pensamentos

Tags: , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

3 Comentários em “A cruz que carregamos”

  1. Kiara Says:

    Muito bom, como sempre, Zé!

    Cada um tem uma maneira de ver o próprio sofrimento. O que é barra pra vc, pode não ser pra mim. Mas oq enfraquece a amizade, é quando desmerecem o sofrimento dos outros, tentando provar que o próprio é pior e, com isso, inconscientemente, conseguir as coisa com a comoção alheia!

    Bjos!

    • autoajudasentimental Says:

      É… nesse ponto eu me sinto um pouco culpado. Em alguns momentos achei que só eu estava sofrendo com toda a situação e no fim das contas nem pensei que outras pessoas envolvidas poderiam ter tido lá suas mazelas também. Inclusive minha ex: talvez ela esteja sofrendo até hoje e eu simplesmente não sei! Mas enfim… acho que todos nós tendemos a uma atitude egoísta às vezes, né? :-\

      Ah, e valeu pelo comentário!

      Beijo!😉


  2. ainda bem que vc enxergiu isso segundo o último parágrafo de seu post, a complexidade e tamanho de seu sofrimento é relativo ao que vc tem que aprender com isso, talvez vc deva pensar que sua cruz é leve pelo simples motivo de vc ser uma pessoa lúcida o bastante para não ter que sofrer para aprender alguma coisa. Lucky u


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: