Milan Kundera

Uma das coisas que mais gosto de ganhar é livro. Nem todos ousam me presentear com um, mas quando isso acontece tenho surpresas agradabilíssimas! Logo depois da minha separação tive uma dessas surpresas: minha irmã me deu de presente “A Insustentável Leveza do Ser”, de Milan Kundera, seguramente um dos livros mais bacanas que eu já li. Na Wikipedia tem um artigo muito interessante sobre esse livro, em que eles explicam inclusive as principais problemáticas filosóficas que o autor insere na história.

Não pretendo contar a história do livro aqui. O melhor é que vocês leiam pois cada pessoa tem uma percepção própria do que Milan Kundera narra. O que vale comentar é que o autor acredita que há quatro percepções distintas de um relacionamento, representadas por cada um dos personagens principais — e é inevitável se identificar com pelo menos uma delas. No meu caso eu me vi muito semelhante ao Tomas, um jovem médico que encontra em Teresa um propósito para sua própria vida. É nesse sentido que me vejo muito parecido com Tomas — e aí podemos falar um pouco sobre o conceito de leveza e peso descrito no livro: estou usufruindo de uma certa leveza, porém minha vida faz muito mais sentido quando eu a compartilho com alguém (ou seja, quando há o “peso” de um relacionamento). Isso me faz muita falta! Mas acredito que ainda encontrarei minha Teresa, meu “bebê encontrado em um cesto à beira de um rio”, como Tomas se refere à sua companheira.

Quanto à minha ex, eu vejo muitas semelhanças entre ela e a Sabina, outra personagem da obra. Mas não vou contar o porquê. Leiam o livro e tentem deduzir!

Explore posts in the same categories: Pensamentos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: