Sexta grande lição

Eu não posso obrigar ninguém a me amar. Posso até fazer de tudo para sustentar o amor que a outra pessoa sente por mim, mas não posso forçá-la a sentir o mesmo que eu sinto por ela. Como foi dito na lição anterior, cada um é responsável por manter vivo o amor que sente pelo outro. Sendo assim de forma alguma posso convencer uma pessoa de que ela deve amar a mim e a mais ninguém.

Da mesma forma, não posso fazer ninguém reverter certas decisões. Isso é algo que cada um faz por conta própria se assim desejar.

Explore posts in the same categories: Grandes Lições

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: