Quarta grande lição

O orgulho nos cega. É difícil admitir para si mesmo que você ainda ama aquela pessoa que te deixou, ou que a decisão que você tomou ao deixar alguém não foi a mais correta e você se arrependeu. Ninguém gosta de estar errado ou de parecer frágil para os outros.

O ser humano às vezes se comporta de uma maneira estranha: ele sabe o que é o melhor para ele mas prefere escolher o caminho mais doloroso apenas para provar que está certo. E, tarde demais, percebe que o caminho escolhido o levou para muito longe da felicidade e é impossível voltar. E aí ele tenta escolher novos caminhos que o levam para lugares ainda piores. E ainda assim insiste! Tudo porque é orgulhoso demais para reconhecer seus erros.

Por mais difícil que seja, muitas vezes o melhor é engolir o orgulho e abrir o coração para o mundo. Já dizia Renato Russo: “mentir para si mesmo é sempre a pior mentira”.

Explore posts in the same categories: Grandes Lições

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: